domingo, 24 de junho de 2012

Barbacoa - Parkshopping, Brasília/DF

Pessoas,

acho que encontrei o meu restaurante para carnes em Brasília! Carnívora como sou, vivo em busca de um bom lugar que, além de ter carne boa, tenha acompanhamentos decentes, atendimento bom, ambiente legal e preços justos. Lendo assim, parece fácil, mas, na verdade, as casas de carne de Brasília estão deixando muito a desejar. 

Sobre as steaks houses, há tempos já deveriam ter deixado de existir (falei sobre isso aqui). 

O Pobre Juan, que de pobre não tem nada e sobre o qual já falamos aqui e aqui, inacreditavelmente é capaz de servir guarnições em uma qualidade tão péssima que eu sinto vergonha alheia por eles. 

No El Negro, as coisas não foram diferentes (apesar de outras pessoas já terem falado bem de todas coisas que deram errado conosco). Carne deliciosa (comemos o bife ancho, que estava perfeito. Ponto certo, macia, gostosa de verdade), mas os acompanhamentos foram fracos. Os legumes grelhados estavam ok, mas faltou sabor, um temperinho... O purê de abóbora estava doce demais e, o pior, frio! A farofa de ovos estava boa, mas muito seca. O pão de alho que pedimos de entrada era da pior qualidade: a pasta de alho muito gordurosa (era um creme) e adivinha? Fria, bastante fria no meio.  Como se isso não bastasse, o meu prato por baixo estava bem sujo (resto de comida seca grudada) e a faca do Vinicius também. Fiquei tão decepcionada que nem fiz o post.

Até mesmo o Bsb Grill, meu queridinho na cidade, me decepcionou na última visita, na unidade da 304 norte, e aqui o problema foi com a carne. A tradicional porção de picanha completa com arroz com brócolis, farofa de ovos, batata frita, vinagrete e 3 fatias de picanha está custando quase R$ 100,00. Na última vez, as fatias de picanha estavam vergonhosas: a única com tamanho e aparência decentes estava dura e com cara de que tinham acabado de descongelar. As outras duas eram, praticamente, o "resto" do pedaço supostamente bom: pequenos, passados demais. Triste.

Ontem resolvemos testar o Barbacoa, e confesso que fui desanimada. Mas, deu tudo certo :)

O atendimento foi muito bom. Ainda que um dos garçons que passava pela mesa não estivesse muito bem humorado (não foi mal educado, mas não fazia questão de se mostrar feliz. Era sério), o simpático Valdeir era divertido e nos deixou muito a vontade. Notei muitos garçons no salão e todos sempre atentos aos chamados dos clientes.

Funciona basicamente assim: no valor da carne (que varia entre 57 e 80 reais a porção de 300 gramas - mas têm cortes de 400g e 500g também), estão incluídos uma guarnição e o buffet de frios e saladas. Se quiser ficar só no buffet, o valor é de R$ 42,50.

Resistimos ao couvert, composto de pastéis e pãezinhos lindos, mas o preço é legal: R$ 11,90 por pessoa.

O buffet é lindo! Além do básico folhas simples e sofisticadas (como endívia), legumes em conserva, frescos, azeitonas, queijos, torradinhas, uns 10 tipos de azeites, geléias, molhos, tem também salmão defumado, vinagrete de polvo, atum selado com gergelim, alcachofra com molho de pimentas vermelhas. Tudo perfeito e de comer como se não houvesse amanhã. Ou seja, vale demais os R$ 42,50 por si só.



De carnes, fomos de fraldinha (61,20) e miolo da alcatra (57,60). Eu gosto tanto de carne que o corte simples e certeiro me deixa super feliz. Não precisa ser a picanha não sei das quantas. De acompanhamentos, arroz a Barbacoa (biro biro) e farofa a Barbacoa (ovos, bacon e cebola). Deliciosos, quentinhos e bem feitos.

Ao informarmos o ponto da carne (ao ponto para mal), o garçom ressaltou que como demoraria menos tempo para ficar pronta, iria esperar a gente servir o buffet primeiro e faria o pedido depois que terminássemos de comer, para não correr o risco da carne ter que nos esperar. Ponto pra eles. A gente não teve que avisar que estávamos prontos para a carne. Quando estávamos, ela chegou. Isso é exemplo de prestação de serviço eficiente.

A fraldinha estava fenomenal, quase crocante por fora e totalmente macia por dentro. Um arraso!


O miolo de alcatra também estava perfeito, macio e, olha o tamanho dessa carne! 


A gente só viu a riqueza do buffet depois de escolher um prato principal para cada e é óbvio que sobrou carne para outra refeição (trouxemos metade da alcatra para casa). Provavelmente, da próxima vez pediremos apenas um prato principal e pagaremos o buffet a parte. Ou não. De fato, a diferença de valor (dependendo da carne) não será muito significativa. Enfim, é uma questão que cabe consideração quando estiver pensando nos pedidos.

A casa também oferece javali, peixes e frango. 

De bebidas, fomos de suco. Hein? Descanso para o fígado por causa da noite anterior (na qual 8 pessoas provaram 26 rótulos de cervejas - mas juro que o que me acabou foi dormir às 3 da manhã...). O suco custa R$ 6,40 e é natural. O refri custa R$ 5,00. Li em algum lugar que o Barbacoa está com carta de cervejas especiais, mas não lembrei disso por lá e não vi a bendita carta. Para vinhos, segundo o Vinicius, há opções para todos os bolsos (a partir de R$ 60,00).

Dessa vez não teve café porque o Nespresso custa absurdos R$ 6,20! Jesus. Já tô vendo o tempo que o café baterá nos 8 reais. 

A conta fechou nos R$ 150 (já com serviço), e eu achei o preço muito ajustado para os padrões brasilienses. Arrisco dizer que é a casa de carnes de melhor custo-benefício na cidade.

Recomendo!

Barbacoa - Espaço Gourmet do Parkshopping.
Telefone: (61) 3028-1530

Beijocas. Vanessa

16 comentários:

  1. Vanessa, coisa boa é ir a um restaurante e sair feliz. Seja caro, seja barato. E em casa de carnes, nada como o pedido chegar quentinho e no ponto certo. Só felicidade!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Anna. Ir em restaurante novo em Brasília está como atirar no escuro... Quem bom que dessa vez deu certo!

      Excluir
  2. Eu sugiro que você peça o assado de tira numa próxima vez. Vem MUITA carne (muito pra um, ideal pra um cara normal e uma mulher que come pouco, pouco pra dois pumas esfomeados... rs...), e é uma delícia. Aí pra otimizar os seus reais e não pagar 45 reais só no buffet, peça a segunda carne direto pra viagem. ;)

    No mais, sobre carnes, duas dúvidas: o que você acha do Corrientes? E você também acha que a qualidade geral do BsB Grill da Asa Sul é superior à da unidade da Asa Norte?

    Parabéns pelo blog! Tenho lido há algum tempo e gostado bastante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Senso Cri-crítico, eu pensei bem no assado de tira!
      Fui ao Corrientes poucas vezes e nenhuma delas foi fenomenal, de querer voltar. Na última vez, pedimos fraldinha, que estava bem boa, mas as batatas murradas estavam muito secas e salgadas.
      Quanto ao BsB Grill, antes eu achava a qualidade similar, mas o do Asa Norte parecia ser mais barato. Agora, eu não sei!
      Obrigada por gostar do blog e passar por aqui :)

      Excluir
    2. No Corrientes eu nunca me decepcionei. Aliás, lá é servida a salada que pra mim é a melhor de todas, a salada Juliana.

      No El Negro ainda não fui, no "Pobre" Juan eu já fui três vezes, e é aquela coisa: ruim não é, mas também só faltava essa, pelo preço que cobram. E há ainda uma casa nova, em Águas Claras, chamada Santa Brasa, ao lado do Primeiro. Trata-se de uma franquia paulista, e é de bom nível.

      A propósito, no Santa Brasa eles servem duas versões dos cortes, uma "normal" e a outra "premium" (esta de red angus, se não me engano). Outro dia fiz uma "degustação vertical" de carnes, e pedi o mesmo corte na versão normal e "premium". Resultado: não vale a pena pagar os vinte reais a mais pela dita premium.

      Excluir
    3. Santa Brasa, é? Nunca ouvi falar! Dica anotada.

      Excluir
  3. o melhor custo benefício da cidade é a Potência Grill.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  4. Entre as churrascarias 'a la carte', ainda considero o Bsb Grill o meu porto seguro em Brasília. Nunca pedi a picanha porque sempre achei cara. Fico só no ancho e no chorizo mesmo. Às vezes erram o ponto, então adotei o mal passado como padrão. Assim, mesmo se errarem, a carne chegará ao ponto. Frequento mais o da asa sul.

    Gosto muito do Corrientes também, mas lá vive cheio no final de semana :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bernardo, eu já provei alguma outra carne no Bsb Grill há tempos e foi mesmo muito boa. Mas, também achava a picanha fenomenal, então ficava com ela mesmo. O ancho e o chorizo estão por volta de quanto, vc sabe?

      Excluir
    2. Acho que R$ 40 e muito a porção de 300g. Consigo dividir tranquilamente essa porção e sempre pedimos a porção de acompanhamentos para 1 pessoa.

      Excluir
  5. Nossa, ameeei muito sua dica! Vou agendar minha visita, sem falta!

    ResponderExcluir
  6. Gostei do blog. Vou testar o Barbacoa. O BSB da 304 Norte, só freqüento quando estou com preguiça de dirigir

    ResponderExcluir