sexta-feira, 22 de junho de 2012

Panelinha, 316 norte, Brasília/DF

Pessoas,

o Panelinha merecia mais atenção da minha parte. Gosto do local, da proposta, do preço, da fofurice. Mas sabe aquilo de nunca ir sem sabe o porquê? A última ida foi em junho de 2010, e o registro, vejam vocês, foi feito pelo Vinicius! 

Pois uma oportunidade surgiu bem no meio de um daqueles dias que você queria que não existisse e, no final dele, se redime e assume que foi um dia bem legal. E como foi reconfortante encontrar a área externa, com mesas envolta por plantas e silêncio. Paz.


Melhor ainda foi perceber que a área externa não fica abandona pelos garçons, o que é muito comum por aí. Tinham dois deles bem atentos e atenciosos ao que acontecia por ali.

Não enrolamos muito e pedimos logo o prato carro chefe da casa: Picadinho de Filé, para duas pessoas por R$ 46,90. 

O pedido chegou rápido e muito bem apresentado em panelinhas.



E altamente delicioso! Um gosto de comida caseira traz felicidade. Até do feijão (eu não gosto de feijão, exceto alguns muito específicos que eu não sei explicar o que deve ou não deve ter para me agradar) eu gostei. Arroz novinho, farofa de ovos com mais ovos que farofa, filé legítimo (por baixo da banana da terra) com molho madeira, champignon e  temperos especiais da casa. Eu só achei a banana um pouco seca, mas creio que seja pelo tipo de banana mesmo. Será?

A porção daria para 1 Vinicius e 2 Vanessa, o que eu considero como ideal para duas pessoas.

Fomos no final de semana e, se eu não tivesse hora, pediria um vinho branco e passaria algumas horas por ali curtindo o ambiente e comendo coisinhas. Aliás, com a tranquilidade do local, ele fica muito adequado para  crianças. Tinham algumas por lá. Já durante a semana, acredito que a casa deve encher e ser tudo mais corrido.

  • SHCN CL 316, bloco E - lojas 18/20 - Telefone: 3041-5070 e 8182-5757 - Horário: 12h/16h (qui. a sáb. 12h/2h; dom. até 18h)
Beijocas. Vanessa.

5 comentários:

  1. Vanessa, lendo aqui o seu blog animei de ir ao Panelinha. O picadinho realmente é bom, mas também achei a banana seca. Infelizmente fui esquecida pelos garçons, que não anotaram o meu pedido e só o fizeram depois de quase meia hora de espera e de ter perguntado por onde andava o meu almoço. Uma pena, mas acredito que volto lá. Bjk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que puxa, Paulinha...Eu fico bem receosa de voltar a algum lugar depois de uma experiência ruim. Mas, aquela varandinha externa do Panelinha...acho que eu ia :)

      Excluir
  2. Meu vizinho e ainda não fui lá. Brasília tá cheia de casas que ainda preciso conhecer. E olha que até saio bastante. O que mais me atraiu na foto foi o arroz. Tem toda cara de não ser soltinho demais. Huummm...

    ResponderExcluir
  3. Luciana Brito Silva19 de agosto de 2012 16:26

    Meu comentário para o Panelinha hoje é bem diferente, não conhecia o restaurante e e só decepcão, 20 minutos na lista de espera, pratos pedidos e depois de 1h e de 4 conferências do garçom quanto aos pedidos, apenas um dos pratos foi servido, passados mais 10 min, o Gerente nos informa que cozinha não dispunha de ingredientes para elaboração do arrumadinho, como? com uma Chef de cozinha de formação presente na mesa, não há desculpas para a falta de comunicação entre a cozinha e o salão, se o salão não sabe o que se passa na cozinha tem que fechar, básico assim..., enfim para corrigir erros e o mal atendimento, como de praxe, não se cobra os pratos, por favor, pagamos o que consumimos e sugerimos um melhor treinamento dos profissionais e planejamento do restaurante para que outros clientes não tenham um almoço "estragado" como o nosso, veremos por quantas primaveras o restaurante permanecerá aberto com clientes fiéis, na tarde de hoje alguns foram perdidos, não voltarei e farei propaganda disso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luciana, que tragédia! Tão ruim quando a gente vai num restaurante e tudo desanda, né?
      Bjo!

      Excluir