terça-feira, 31 de julho de 2012

Degustação de vinhos Winebrands.


Pessoas,

nem só de cerveja a gente vive. Na verdade, já fomos muito mais "apegados" aos vinhos e já fizemos até um curso rápido para iniciantes na Vintage, do Terraço Shopping, há tempos. E, ainda que a cerveja ocupe uma boa parte dos nossos corações, um bom vinho tem o seu valor: alguns momentos clamam por vinho. Especialmente se tiver comida junto. É impressionante como o sabor adequado valoriza o vinho e vice-versa. 

Dias atrás fomos convidados pela Solos Assessoria de Comunicação a uma degustação de vinhos promovida pela importadora Winebrands no Dom Francisco, da ASBAC. Além de nós e da Karine, o público era formado basicamente por representantes dos setores de gastronomia e hotelaria que possuem os rótulos nas suas cartas.

Quando vimos a quantidade de vinhos a serem degustados, nos concentramos em manter a calma e cautela para conseguir chegar até o final. Nada menos que 10 rótulos. A degustação foi orientada pela Sommelier Mariana Morgado. Foi bem legal!

Começamos com o espumante Norton Brut Rose. Como esperado, é leve e refrescante, com pouco aroma e seco. 




Em seguida, o branco Chablis, 100% chardonnay. Aroma levemente frutado e bem seco.



A partir daqui, só tintos. Os 4 primeiros, bem amadeirados!

Os italianos Le Maestrelle e Il Bruciato, para meu paladar, são bem amadeirados, fechados, duros. Quase não senti aroma. 



Já o Villa Antinore me agradou mais. É que, apesar de ser bem amadeirado também, o aroma de baunilha "amaciava" o vinho, tornando-o mais fácil.




Daí, o um Prunotto Barbaresco. De coloração bastante envelhecida e sabor muito adstringente. Para os fortes!



Depois, uma sequência mais "confortável", pelo menos para mim :-)

O argentino Norton Reserva Syrah, com linda cor rubi, macio, aveludado. Mais compatível com meu paladar :)



O meu predileto da noite, sem sombra de dúvidas: o também argentino Perdriel Del Centenário, que apelidei carinhosamente de travesseiro, por ser macio, "quente",  acolhedor, equilibrado. 



O chileno Haras Syrah é amanteigado e, também, apimentadinho. Pode isso, gente? 



Por fim, o Chateau Ste Michelle. Também bastante macio e acolhedor e, ainda, o preferido da Karine, que entende de vinho, hein!



Foi divertidíssimo, e ainda teve petiscos Dom Francisco, como linguicinha, bolinho de bacalhau, queijos.

Outra coisa legal e muito valiosa: a Winebrands é parceira da Mastercard na promoção Surpreenda. Já falei dela aqui, aqui e aqui. Resumidamente, a promoção consiste em pagar por 1 produto, e levar 2 (para isso, é preciso cadastrar seu cartão Mastercard no site da promoção e, depois, trocar os pontos adquiridos pelo uso do cartão por vouchers que te permitem fazer as compras).


Há vários parceiros, dentre agências de viagens, assinatura de revistas, vestuário, restaurante e, como disse, a Winebrands. Clique aqui e veja os rótulos que estão incluídos nessa promoção e faça a festa! Ainda que os rótulos da oferta sejam os mesmo expostos aqui, uma coisa que pude perceber participando dessa degustação e observando os empresários que estavam por lá é que a Winebrands faz questão de trabalhar com vinhos de qualidade. 


Beijocas. Vanessa.

2 comentários:

  1. Ao ler o comentário sobre o Perdriel Del Centenário, pensei que ia ver um "carinhoso" no final. hehe.

    ResponderExcluir