domingo, 26 de agosto de 2012

Como montar uma banda

Um domingo é da Rock, o outro é da Cerveja!

Nobres leitores, domingo passado eu contei como foi minha tentativa de fazer brigadeiro de Cerveja Guinness. O resultado até que foi bom, mas a parte mais legal da brincadeira foi tentar fazer algo que eu nunca tinha feito. Fazer coisas novas é sempre divertido (até quando dá errado).

 A pergunta do dia é: você já pensou em fazer música? Em tocar em uma banda?

Tenho certeza que todos responderam "sim". Na sequência da resposta, alguns devem ter acrescentado "mas não nasci com o dom"; "mas sou tímido"; "mas não sei como".

Pois bem, chegou a hora de saber como ter uma banda. Eu não nasci com o dom, sou tímido e, ainda assim, já toquei em várias bandas. Se fiz sucesso? Não. Ganhei grana? Também não. Mas garanto uma coisa: me diverti (e continuo me divertindo) muito com isso. E, no fundo, é isso o que importa!

Fiz um tutorial certeiro para quem quer montar uma banda de rock:

1) ache uma (ou mais) pessoa(s) com personalidade e gosto musical parecido com o seu. Essa é a primeira e a mais importante lição: banda é igual namorada. Então não invente de engatar esse namoro com pessoas que você não tolera, ou que pensem de forma totalmente inversa de você. Isso até funciona em um projeto rápido e específico (tipo sexo casual), mas não em um relacionamento de longo prazo.

Schumainous em sua formação original (1996): Maurício, Murdock, Ziriba e Craudio

2) defina as posições. Assim como em um casal, uma banda precisa definir quem faz o quê. Essa escolha às vezes vem do acaso - o sujeito sempre sonhou ser baterista, mas acabou esbarrando com o violão do pai, então virou guitarrista. Ou o cara queria tocar guitarra, mas chegou em uma banda já quase completa, onde faltava apenas um baixista. 

Escolha feita: quero tocar guitarra

3) aprenda a tocar o instrumento. Hoje a internet está lotada de vídeo-aulas sobre tudo, inclusive sobre música. Também há academias de música em toda esquina. Vá lá, matricule-se e tenha um pouco de dedicação. Uns aprendem mais facilmente que outros - é a questão do dom. Mas todos conseguem aprender o básico. É mais ou menos como decidir fazer aula de espanhol - uns conseguem sair hablando em poucas aulas, outros só no final do semestre. Mas todos que se dedicam, chegam a um resultado.

4) escolha as músicas. Uma banda pode ser autoral (ou seja, compor suas próprias músicas) ou cover (tocar músicas de outros artistas). Não existe certo ou errado - compor é muito legal para os músicos, mas demora a causar impacto em quem ouve. Já quem toca cover perde essa oportunidade de criar algo novo, mas garante o público atento desde o primeiro acorde. Para entender melhor, imagine uma rodinha de violão - o músico pode começar a tocar Paralamas do Sucesso, com todo mundo cantando junto, ou decidir mostrar uma composição própria. Nesse último caso, ele causará admiração a todos (afinal, compor bem é coisa muito difícil), mas sem dúvida o público se divertirá menos do que se ele tocasse um hit.

5) ensaie com a banda. Se você tiver uma casa grande e equipamento completo, pode fazer isso em casa. Se não tiver nada, vá para um estúdio. Existem diversos estúdios de ensaio pela cidade. Eles funcionam mais ou menos assim: o estúdio é uma sala com a bateria (só o corpo, sem pratos), amplificadores de guitarra e de baixo, microfones e caixas de som. Basta chegar lá com sua guitarra, baixo e pratos de bateria, montar tudo e se divertir. Em regra, os estúdio são alugados por períodos de 2 horas, a um custo médio de R$ 25 a R$ 30 cada hora. Então em uma banda de 5 pessoas ensaiando em um estúdio que cobre R$ 30 cada hora, cada um pagará R$ 12 pelo ensaio de 2 horas. Isso é basicamente o preço de um cinema, ou seja, não é nada que pese demais no bolso. Eu, por exemplo, tenho um ensaio por semana - gasto na faixa de R$ 50 para passar 2 horas, todas as quartas, junto dos meus amigos, tocando Ramones. Vale muito a pena.

Ensaio do James Train (2005). Na foto: Caw, Ziriba e Gera. Também tocavam: Tix e Diogo.

6) quando a banda estiver afiada, mostre seu trabalho. Peça pra tocar na festa de aniversário dos amigos; escreva um release (uma mini biografia da banda), grave algumas músicas (os estúdios de ensaio costumam fazer gravações) e vá conversar com os produtores que organizam shows por aí; faça um vídeo caseiro e coloque no youtube (a guria do CrossFox que o diga). 

Whiskey Leaks tocando um cover de Killers (Somebody told me) no Velvet. Com Elisa Fuzz, Marcelo Joe, Beto Cavani, Everton França e Ziriba

7) continue tocando para sempre. O que importa é se divertir e encontrar os amigos.

Ensaio recente (2012) do Ramones Mania. Na foto, JP e Ziriba. Também integram a bada: Craudio, Rafael Jougle e Hugo.


Hora do Jabá

Jabá 01: quer ver o Ramones Mania tocando em seu evento? Pergunte-me como. 

Jabá 02: para curtir e acompanhar a Fan Page do blog no Facebook, clique AQUI


Jabá 03: bons lugares para ensaiar em Brasília:
a) Capital Records (onde o Ramones Mania ensaia autalmente). O dono do estúdio é o Elvis Presley, dono do Johnny Cash. Fica na 209 norte. Ponto forte: boa sala, dono super gente-boa e cuidadoso com as regulagens. Contatos com Bonfin Netto: (61) 3349-7420.

b) Estúdio Prime (onde o James Train ensaia). Fica na 301 do sudoeste. Ponto forte: grande investimento em equipamentos. Os amplificadores são simplesmente inacreditáveis - Vox AC30; Fender Bassman; Mesa Boogie; Orange; .... acho que metade das válvulas de Brasília estão lá. Contato com Júlio: (61) 3344-5344.

Próximo domingo: dia de cerveja!

Abraços

Ziriba (Cerveja e Rock)

2 comentários:

  1. Muito Bom, Ziriba!
    Muito rock pra todos nós!!!
    Caw

    ResponderExcluir
  2. Valeu Dr.!!!
    Éramos jovens.... :-)

    ResponderExcluir