terça-feira, 20 de agosto de 2013

Taiko Sushi Bar

Pessoas,

temos ido ao Taiko, no Deck Brasil, com certa frequência para almoçar. Adoro a opção de comida japonesa a quilo. Como não como muito, meu prato pesado sempre sai por, pelo menos, metade do preço dos buffets da cidade. Além de mais barato, mantenho a capacidade de pensar durante a tarde, porque isso de comer como se não houvesse amanhã trava a mente.

O quilo sai a R$ 69,90 e, apesar de tradicional, há peças com um pouco de inovação. Mas só um pouco. O bastante para atrair e agradar sem parecer bizarro, tipo sushi de azeitona e tomate seco.


Das inovações, sushi de salmão com brócolis amassadinho (esse verdinho por cima) e sushi com salmão com creme cheese (beeem pouquinho, só para dar uma molhadinha), gengibre e alho por cima. Esse é excelente!



Quanto aos sashimis, salmão, robalo, pescada amarela, anchova negra e anchova negra defumada sempre tem. Atum, de vez em quando.

O serviço é muito bom. Apesar de ser serve-serve, há garçons para trazer bebidas e chás.

Para quem preferir, há também a opção de rodízio. Custa R$ 54,90 e tem direito a tudo que tá escrito aí embaixo (colei a foto para evitar a fadiga de escrever tudo).


Um ponto negativo, mas que na verdade é reflexo de um positivo, é que as peças vão sendo repostas devagar. É que tudo vai sendo feito ali na hora e, conforme vai acabando, e eles vão fazendo mais. Daí, pode ser que na hora que você for se servir, faltem algumas peças de sushi e tenha que esperar um pouco ou servir-se mais de uma vez. Não costuma ter aquela fartura de peças que tem nos outros buffets da vida, mas isso garante peças sempre novas, né?

É isso. Recomendo!

Telefone:(61) 3365-1678 
Horário de funcionamento: Seg.: 12h às 16h / Ter. a Sex.: 12h às 16h e 18h às 23h / Sab. e Dom.: 12h às 18h e 18h às 23h
Beijocas. Vanessa.

4 comentários:

  1. Meu, que dica excelente! Adoro o Hajimê, mas nem sempre dá pra ir ao Sudoeste... vou provar o Taiko em breve!

    ResponderExcluir
  2. Fui lá dia desses. Fiquei meio decepcionada. A coisa de pedir pra fazer na hora não funciona pra mim (pedi um treco que sempre como no Hajimê, por exemplo, e o sushiman não entendeu; depois de muita explicação, ele disse "ah, aqui a gente chama de não-entendi-o-que-ele-disse"). Fui lá pelas duas da tarde, metade do horário deles, mas já não tinha quase nada. O que tinha estava bom, mas o Hajimê ganha com folga.

    Ainda vou voltar um dia, no horário do almoço, pra ver se a coisa melhora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Puxa vida....Eu prefiro o Taiko que o Hajimê :-)

      Excluir